A região do Coroadinho ocupou as manchetes dos jornais nos últimos dias por se destacar entre as dez maiores comunidades que mais geram empregos no Brasil. Os dados são da Outdoor Social que identificou que o Coroadinho tem o potencial de consumo anual de R$ 663 milhões, por meio de 104 micro e pequenas empresas, além de 958 microempreendedores individuais e 1365 comércios cadastrados. Números que mostram que o Coroadinho se tornou uma potência econômica.

A Polícia Militar do Maranhão (PMMA) tem contribuído para esse desenvolvimento reduzindo os indicadores de criminalidade na região. Por meio do planejamento e execução de várias operações, o clima de paz tem sido estabelecido, permitindo que as pessoas apostem nos próprios negócios sem o medo da insegurança.

O polo Coroadinho é patrulhado 24 horas por dia, por meio de viaturas e motocicletas que são distribuídas estrategicamente para garantir a segurança pública. Câmeras de videomonitoramento oferecem suporte às equipes nas ruas e a parceria com a polícia civil fortalece ainda mais o combate à criminalidade.

O resultado é que a comunidade que tinha o estigma de ser um dos bairros mais perigosos de São Luís agora vive um novo momento. Só para ter uma ideia do impacto das ações da PMMA, em 2015, por exemplo, houve 49 mortes, índice que vem caindo nos últimos anos. Em 2019, houve, porém, 15 homicídios, representando cerca de 70% de diminuição.

Segundo o comandante da 3ª Companhia Independente (CI), major Serra, esses dados mostram o acerto das ações da PMMA direcionadas à região e aumentam a responsabilidade dos aparelhos de segurança do Estado em garantir o crescimento econômico na região, possibilitando que os cidadãos possam empreender com segurança.

Post a Comment

APRENDA TUDO SOBRE ALOGAMENTO DE UNHAS

CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA AS OFERTAS