Eduardo Deus-me-livre e Dudu Alexandre ficaram em primeiro e segundo lugar

O início de semana do atleta paraibano Eduardo dos Santos Matias, de 42 anos, conhecido na sinuca nacional como ‘Deus-me-livre’, começou em clima de muita tristeza e dor. Na segunda-feira (25), o atleta perdeu a sua mãe, Teresinha dos Santos Matias. Dois dias, ainda muito emocionado, ele e mais três amigos viajaram da Paraíba para competir no 7º Campeonato Norte/Nordeste de Sinuca, realizado no final de semana, em São Luís/MA. No último domingo (31), Eduardo Deus-me-livre conquistou o título inédito de campeão.

Dirigentes da FMBS, Valdir Saraiva, Lourival Bogéa e Bento Pereira agradeceram a participação de todos os atletas na competição

Após encaçapar a bola sete na partida que definiu o placar vitorioso de 5 a 2 na grande final, o atleta não conseguiu segurar as lágrimas e emocionou o público presente e internautas com suas palavras e exemplo de determinação. “Na última segunda-feira estava enterrando a minha mãe. Tive que manter a cabeça erguida para vir aqui e seguir em frente. O ciclo da vida é isso. Estou muito triste com a perda de minha mãe e feliz com essa importante vitória. Agradeço ao Maranhão e muito obrigado a todos”, disse Eduardo Deus-me-livre. 

O presidente da FMBS, Lourival Bogéa, com o campeão Eduardo Deus-me-livre e o vice-campeão, Dudu Alexandre.

A final foi disputada com o também atleta paraibano e amigo de viagem, José Eduardo Alexandre Leite (Dudu), de 20 anos, uma das novas revelações da sinuca do Norte-Nordeste. As disputas do 7º Campeonato Norte/Nordeste de Sinuca foram realizados na arena de jogos instalada na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB/São Luís), no bairro do Calhau. A competição teve transmissão via facebook e obedeceu as regras sanitárias para o enfrentamento da Covid-19. 112 atletas federados e convidados competiram no evento.

BRASILEIRO EM SETEMBRO

Com patrocínio do Governo do Maranhão e Grupo Mateus (Lei Estadual de Incentivo ao Esporte), o 7º Norte/Nordeste de Sinuca foi uma realização conjunta da Federação Maranhense de Bilhar e Sinuca (FMBS) e AABB/São Luís. Teve apoio do Jornal Pequeno, Golden Shopping Calhau, Polícia Militar, Centro Elétrico, Serv Bus, Bus Transportes, Praia Mar Hotel, Sistema Fiema, Óticas Diniz, Mar Doce e IEL. Para o presidente da FMBS, Lourival Marques Bogéa, a competição manteve a alta qualidade técnica e alcançou metas.

“Esse campeonato fechou o calendário oficial de 2020 da FMBS. Em razão da pandemia, conseguimos realizar o 7º Norte/Nordeste neste início de ano, com muitas dificuldades devido ao cumprimento das medidas sanitárias de combate à Covid-19”, disse Lourival Bogéa. Segundo o presidente, “a Federação pretende realizar o 8º Norte/Nordeste dentro deste ano e trazer para São Luís o Campeonato Brasileiro de Sinuca, no final de setembro, durante as comemorações dos 70 anos do Jornal Pequeno”, finalizou Lourival Bogéa.

MARANHENSES EM DESTAQUE

O diretor técnico e de eventos da FMBS, Bento Pereira, afirmou que “a nossa intenção com a realização de competições é preparar e levar atletas do Maranhão e do Norte/Nordeste para competirem em grandes eventos nacionais e internacionais”, observou o dirigente. “A sinuca é uma grande família. Um esporte democrático. Temos orgulho de pertencer com todos vocês dessa grande família da sinuca. Peço que vocês organizem-se em suas federações em prol da sinuca”, concluiu Bento Pereira.

Os atletas maranhenses Jânio Gonçalves, Fabrício Cavalcante e Marcos Vinícius (Anaconda) tiveram atuação destacada no campeonato, garantindo classificação entre os dez melhores do evento. No qualifying (etapa pré-classificatória do campeonato principal), o campeão foi o atleta Junqueira (BA), que venceu Gama (BA) na final do qualifying. O atleta maranhense Marcos Vinícius (Anaconda) ficou em terceiro lugar nessa etapa. A boa classificação dos maranhenses reafirma o bem sucedido trabalho da FMBS.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

Campeonato Principal

Campeão: Eduardo Deus-me-livre (PB)

Vice-campeão: Dudu (PB)

3º colocado: Ítaro Santos (PE)

: Rafael Medeiros (BA)

: Denilson (PE)

: Junqueira (BA)

: Jânio Gonçalves (MA)

: Fabrício (MA)

: Celinho (CE)

10º: Anaconda (MA)

11º: Sergio Gravatá (PE)

12º: Carioca (AL)

13º: Rolinha (PB)

14º: Ricardo (PE)

15º: Dênio (BA)

16º: Thiago (MA)

Maior Tacada: Ítaro Santos (PE) - 97 pontos.

Melhor Sênior: Carioca (AL)

Melhor Sub-21: Dudu (PB)

Melhor Atleta do Maranhão: Jânio Gonçalves

 

QUALIFYING

Campeão: Junqueira (BA)

Vice-campeão: Gama (BA)

3º colocado: Anaconda (MA)

: Pirata (RN)

: Sorveteiro (PE)

: Roninho (RN)

: Eider (RN)

: Davi Duailibe (MA)

: Camurça (CE)

10º: Izaac (RN)

11º: Beto (MA)

12º: Cleyton (PE)

13º: Sérgio Gravatá (PE)

14º: Thiago (MA)

15º: Feitosa (PE)

16º: Sílvio (PI)

Post a Comment

APRENDA TUDO SOBRE ALOGAMENTO DE UNHAS

CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA AS OFERTAS