O futebol maranhense ainda busca se encontrar no cenário nacional, e tenta de alguma forma estabelecer sua imagem no âmbito esportivo, que está desgastada. São clubes falidos, com administrações precárias, que poucos interesses demonstram em mudar a realidade atual.

Na contramão desse cenário de caos, e levando o nome do Maranhão a todos os cantos do Brasil, o Sampaio Corrêa hoje é referência no Nordeste. Apesar de todas as dificuldades de se fazer futebol no Estado, o clube tem alcançado feitos importantes nos últimos anos. Um trabalho com seriedade que precisa ser creditado à administração do presidente Sérgio Frota.

Há 14 anos à frente do clube, Sérgio Frota não poupa esforços para colocar o Sampaio entre as grandes equipes do país. Desde o título invicto da série D, em 2012, a equipe Tricolor entrou de vez na rota das grandes competições, e se mantém em evidência disputando títulos, acessos e, principalmente, conquistando credibilidade.

Alguns percalços apareceram pelo caminho, é verdade, mas o mérito da gestão Frota consiste na perseverança. Acessos, seis títulos estaduais, um brasileiro e uma Copa do Nordeste (2018) são exemplos do diferencial do Sampaio Corrêa no contexto do futebol maranhense.

O saldo do presidente Sergio Frota é muito positivo. 14 títulos em 14 anos de gestão. Elogiado por muitos e criticado por outros, quando se trata de futebol local, Frota sempre esteve no centro das atenções. 

De fato, o futebol maranhense atual é dependente dos bons momentos do Sampaio. É o clube que traz visibilidade para o Estado, e torcer por suas conquistas vai muito além do campo de jogo.

O ano de 2021 promete. As metas foram traçadas e colocadas à mesa. Torcer pelo Sampaio Corrêa não é simplesmente uma prerrogativa da torcida boliviana, mas, sim, vislumbrar o crescimento do futebol maranhense.

Post a Comment

APRENDA TUDO SOBRE ALOGAMENTO DE UNHAS

CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA AS OFERTAS