ASCOM PCMA

Uma operação da Polícia Civil do Maranhão batizada de “Animus Necandi”, foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (18), com o objetivo de cumprir cinco mandados de prisão temporária, assim como 14 mandados de busca e apreensão, todos relacionados aos crimes, em tese, de homicídio qualificado, porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa, além da prisão em flagrante de dois indivíduos por porte ilegal de arma de fogo. A ação policial teve como alvos endereços na cidades de Axixá, Presidente Juscelino, Cachoeira Grande e São Luís.

As investigações foram realizadas pela 1ª Delegacia de Polícia Civil Regional de Rosário, após o ataque ocorrido no município de Presidente Juscelino, que causou a morte de duas pessoas e com seis pessoas feridas no dia 18 de julho deste ano, quando várias pessoas utilizaram um veículo roubado e chegaram atirando indiscriminada nas vítimas. Durante a investigação, a Polícia Civil identificou a participação de indivíduos faccionados residentes em pelo menos quatro cidades do estado, incluindo a capital maranhense.

Como resultado da operação, os agentes conseguiram apreender duas armas de fogo, do tipo espingardas, veículos, cerca de 10 aparelhos de celular, computadores, cadernos de anotações e a quantia de 2.750 reais em espécie.

A Operação contou com a participação de aproximadamente 70 policiais civis e militares, esses lotados nas unidades policiais da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), do Grupo de Pronto Emprego (GPE), Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), GRT, Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos, BOPE e 27º BPM (PMMA).

Post a Comment

APRENDA TUDO SOBRE ALOGAMENTO DE UNHAS

CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA AS OFERTAS