Em solenidade, nesta terça-feira (18), o governador Carlos Brandão assinou termo autorizando a implantação do curso de Medicina na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). O evento confirmando a nova graduação ocorreu no Campus Paulo VI, bairro Cidade Operária. Na ocasião, o governador visitou a área onde funcionará o Centro de Ciências da Saúde que vai abrigar a graduação e que já segue em obras. O anúncio marca as comemorações pelo Dia do Médico – 18 de Outubro.


O governador Carlos Brandão pontuou o significado desta iniciativa para impulsionar a educação superior no Estado. “Uma data histórica. Hoje estamos iniciando a obra do prédio do curso de Medicina da UEMA. Uma grande conquista para o filho do trabalhador, que pode agora cursar esta graduação a custo zero. É um avanço muito grande. Com isso, fazemos um marco no Maranhão garantindo oportunidade às pessoas mais carentes a ter acesso a esse curso e ser um médico. Essa é mais uma das grandes conquistas sociais do nosso governo”, avaliou.

A implantação do curso de Medicina é um sonho antigo de uma geração de professores e alunos. A medida, além de muito importante e que muito contribui com a formação profissional, impactará ainda em um maior acesso à saúde, com a formação de novos médicos. Neste sentido, a gestão estadual vem trabalhando para expandir o acesso dos maranhenses ao ensino superior de qualidade, público e gratuito. São diversas obras em andamento nos campi da UEMA, em todo o estado.

“Hoje, um dia histórico, Dia do Médico e o governador Carlos Brandão anuncia o curso de Medicina e inicia as obras do Centro de Ciências da Saúde, que vai abrigar o curso em nosso Campus. Com isso, estamos contribuindo para ampliar o número destes profissionais no Maranhão, tornar mais acessível essa formação aos nossos estudantes e garantir o atendimento à demanda por médicos em nosso estado. Portanto, um dia de grande alegria por oferecer este presente ao povo maranhense”, destacou o reitor da UEMA, Gustavo Costa. 

A previsão é que o curso de Medicina inicie em 2024, com vestibular em 2023, com a oferta de 100 alunos por ano, em sua primeira turma. A graduação em Medicina nas universidades públicas estaduais já é oferecida na UEMA de Caxias; e na UEMASUL, em Imperatriz.

Além do governador, estavam presentes à solenidade os secretários Sebastião Madeira (Casa Civil), Aparício Bandeira (Infraestrutura), Davi Telles (Ciência e Tecnologia), a senadora Eliziane Gama e o vice-reitor da UEMA Walter Canales.

Post a Comment

APRENDA TUDO SOBRE ALOGAMENTO DE UNHAS

CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA AS OFERTAS