Kayla Macêdo, judoca piauiense

A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) convocou duas atletas piauienses para a seletiva nacional para as Olimpíadas de Paris, em 2024, foram elas: Kayla Macêdo e Michelly Silva. Porém, por falta de apoio financeiro, as judocas não participaram da competição. Stael Torres, treinador das atletas, também não conseguiu embarcar para Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, estado onde a seletiva foi disputada no último final de semana - o evento valia pontos no ranking nacional.

De acordo com Kayla Macêdo, este tipo de ocorrido decepciona e desmotiva o atleta. Além disso, a judoca afirmou que a falta de apoio motiva ao atleta a representar outro estado em competições nacionais. “Isso acaba frustrando os atletas, por conta de toda preparação, toda uma renúncia que a gente tem que ter para ir para os treinos e com alimentação. Por isso, muitos atletas saem do seu estado para ir para um estádio que dar um apoio a mais para o esporte".

No mês de setembro, as duas atletas piauienses disputaram o Campeonato Brasileiro sub-21 de judô e ficaram com a 5ª colocação na disputa. Michelly na categoria até 52 kg e Kayla até 63 kg. A disputa foi realizada na Arena Carioca, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. Antes disso, em junho deste ano, Kayla ficou com o segundo lugar no Campeonato Brasileiro sênior de judô na categoria até 63 kg. A piauiense perdeu a decisão para Rafaela Silva, campeã olímpica e mundial. Todas essas competições somam pontos para que as atletas possam chegar ao índice necessário para tentar vaga na equipe brasileira que vai disputar os Jogos Olímpicos de Paris em 2024.


Post a Comment

APRENDA TUDO SOBRE ALOGAMENTO DE UNHAS

CLIQUE NA IMAGEM E CONHEÇA AS OFERTAS